Primavera chegou, siga o perfume das flores!

A estação mais colorida e perfumada do ano é um convite da natureza para viajar. E o Brasil é rico em destinos com as mais diversas cores e flores.

Em Santa Catarina, há oito décadas Joinville se transforma em um imenso jardim na primavera. A cidade de colonização alemã realiza de 13 a 18 de novembro a 80ª Festa das Flores. O evento encanta os cerca de 100 mil visitantes com o colorido de orquídeas a plantas ornamentais. A programação movimenta a cidade com mercado de plantas, feira multissetorial, jornada técnica e oficinas de cultivo, além de concursos de orquídeas, jardins, rainha e princesas, Menina Flor e Flor da Melhor Idade, além de palco cultural e praça gastronômica. Uma celebração de cores, aromas e sabores.

A primavera também distribui seu efeito nos cerca de 30 parques urbanos de Curitiba (PR), entre os quais estão o Barigui, o Tanguá e o Tingui. Especialmente nesta época, o Jardim Botânico ganha o coração dos visitantes que não se cansam de fotografar seus tapetes de flores e a icônica estufa de metal e vidro. Tem também a charmosa rua das Flores e a Ópera de Arame, teatro que em breve vai ganhar o primeiro teleférico da capital paranaense.

Holambra (SP), outro reconhecido destino de primavera, é o maior centro de produção de flores e plantas ornamentais da América Latina. A 37ª Expoflora abriu a estação com cerca de 300 mil visitantes e compradores do mundo inteiro. Para o turista, o evento é uma aquarela a céu aberto, onde se pode conhecer os campos floridos, parques e estufas cheias de flores, além do Moinho Holandês e do Museu Histórico.

Ainda em São Paulo, a cidade de Cunha, no caminho da Estrada Real, atrai milhares de visitantes para conhecer os campos de lavanda em uma região cheia de trilhas e cachoeiras. O perfume das flores também é chamariz para Campos de Jordão, na Serra da Mantiqueira, cujos pontos turísticos símbolos da primavera são o Horto Florestal, o Borboletário e o Bosque do Silêncio. Além da beleza natural, a estância turística paulista combina o chame da estação com a gastronomia.

Em Brumadinho (MG), pertinho de Belo Horizonte, o turista confere a união perfeita entre natureza e arte contemporânea. O Instituto Inhotim é o maior museu a céu aberto da América Latina e surpreende o visitante com as centenas de árvores floridas em meio à Mata Atlântica. São cerca de 4 mil espécies botânicas embelezando os jardins, intercalados por galerias e obras de arte ao ar livre.

NODESTE FLORIDO E FESTEIRO – Enquanto João Pessoa (PB) comemora a florada dos ipês amarelos e roxos, Salvador (BA) realiza até dia 30 um festival de primavera com música, gastronomia e atividades esportivas. Em Pernambuco, o Relógio das Flores de Garanhuns (PE) é um dos canteiros mais apreciados do Nordeste nesta época. Já no Ceará, Guaramiranga e Baturité estão entre os destinos de primavera repletos de atrativos históricos e naturais, além de cafés e festivais de arte.

Na divisa com o Piauí, a Serra de Ibiapaba, conhecida pela produção de flores, fica ainda mais convidativa durante a primavera: Bica do Ipú, Tianguá e o Parque Nacional de Ubajara estão entre os roteiros turísticos mais procurados. Um dos destaques é a Gruta de Ubajara, cujo acesso se dá por teleférico que oferece vista panorâmica da região que é uma mescla de Mata Atlântica, Cerrado, Mata dos Cocais e Caatinga, com traços da Floresta Amazônica.