Fortaleza continua atraindo e encantando turistas de todo país

Completando 292 anos, quem vê a gigante Fortaleza com seus 2,6 milhões de habitantes e brilhando como um grande destino turístico nem imagina que, em 1726, quando ela foi fundada, era apenas uma vila. O Ceará teve sua formação econômica no século XVII, com a pecuária, e fornecia carne e tração à economia açucareira estabelecida na Zona da Mata.

Fortaleza não fazia parte da rota da carne e nem da rota hidrográfica, o que a colocava longe dos caminhos por onde a economia fluía no território. A localização geográfica só favoreceu a cidade em 1799, quando a pecuária teve declínio e o Ceará (à época uma capitania hereditária) começou a fazer comércio direto com Lisboa (Portugal), através de Fortaleza, que se tornou o novo polo econômico e a capital do estado.

ceara-interna

Jade Queiroz – MTUR

A partir daí, além de polo econômico, a capital virou polo turístico. Hoje, quem vai à cidade ensolarada não pode deixar de aproveitar a praia do Futuro, uma das mais visitadas na região. Também deve incluir no roteiro o passeio para conhecer o Theatro José de Alencar, a Feirinha de Artesanato da Beira-Mar, a Catedral de Fortaleza, o Mercado Central, e o centro cultural Dragão do Mar.

canoa-quebrada

Jade Queiroz – MTUR

Além da capital, entre os principais locais visitados pelos turistas estão Canoa Quebrada, Jericoacoara, Guaramiranga, Cumbuco, Porto das Dunas e Praia das Fontes. Aproveitar um banho divertido no parque aquático Beach Park (no município de Aquiraz) e apreciar delícias cearenses feitas com frutos do mar vão deixar a experiência ainda mais gostosa.