Bento Gonçalves realiza maratona do vinho e do espumante

A cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, realiza no dia 10 de novembro a Sparkling Night Run. A corrida é um misto de entretenimento com esporte, unindo atividade física, diversão e belos cenários em percursos aproximados de 5 km e 10 km. A prova é realizada dentro da cidade, passado por pontos turísticos, reunindo gente apaixonada pelo esporte e apreciadores de espumantes. O percurso tem largada e chegada na Via Del Vino, prédio centenário em estilo neoclássico.

Além de ser percorrida à noite, passando por pontos turísticos iluminados como a Igreja Santo Antônio e o Museu Municipal, a prova é um convite ao desfrute do que a Serra Gaúcha produz de melhor, como espumantes e massas. Depois do esforço, os participantes são brindados com uma taça de espumante e repõem as energias degustando um prato de massa em uma grande confraternização que comemora o Dia Mundial do Macarrão.

Os eventos reúnem públicos que vão de atletas profissionais aos amadores e, naturalmente, turistas em busca de bem-estar, saúde, divertimento e experiências diferentes de vivência no Vale dos Vinhedos. A interação tem como palco os vales, parreirais, vinícolas, paisagens rurais e o agradável aroma das uvas. A gaúcha Giovana Kaupe (32), radicada em São Paulo, todo ano reúne entre 15 e 25 atletas para a meia-maratona Winerun, no final de maio, em Bento Gonçalves e municípios vizinhos. “Chegamos antes da competição para apresentarmos os atrativos turísticos com uma pegada leve. Depois da prova, permanecemos na região visitando as vinícolas com degustações de vinhos e harmonizações com o melhor da gastronomia local”, resume.

30.08.2018 giovanakaupe

A educadora física Giovana Kaupe mora em Jundiaí (SP) e leva grupos de alunos para correr em Bento Gonçalves. Créditos: Arquivo Pessoal e Portal WineRun/Divulgação MTur

VINHO TAMBÉM É MARATONA – Muito além de uma competição esportiva, a Maratona do Vinho é um evento que coroa a vindima, festa da colheita da uva entre janeiro e março. Realizada em fevereiro, no meio das comemorações da vindima, a maratona é um espetáculo onde o mundo do vinho, turismo, cultura, gastronomia e esporte se aliam numa grande festa. Aos maratonistas juntam-se os “garrafonistas”, atletas locais que, ao longo do ano, gastam as energias nas vinícolas, desde o preparo do solo à colheita das uvas, passando pela elaboração dos vinhos, sucos, pães, queijos e salames, entre outros produtos coloniais.

Com hotéis lotados, restaurantes e vinícolas em ferveção, Bento Gonçalves ainda alimenta a indústria do turismo nos locais de origem dos competidores. Somente uma agência de turismo de Porto Alegre, especializada em turismo esportivo, responde pela presença de 10% dos atletas que viajam até Bento Gonçalves. “Recebemos atletas de todo o Brasil e, além da corrida, fechamos pacotes com atividades de enoturismo para a nossa clientela brindar o esporte com vinho, saúde e amizade”, disse o sócio da agência, Everton Larrondo.